HerbaLinux

novembro 22, 2007

Esta é mais uma etiqueta para computador, caderno, porta-CDs e onde mais vocês queiram colocar pra levar as pessoas ao futuro do mundo.

Breve, também em bottons para camisa…

Perca Windows

Dragão a ser morto por um programador

Há muito tempo, antes mesmo de aparecer o Shrek, havia um escrito anônimo e antigo dizendo o que o programador de cada linguagem faria para matar o dragão e salvar a princesa. Hoje apresento a versão refatorada e atualizada por mim, arcano vermimundo supremo deste recinto. Com vocês, matando o dragão

Java
Chega, encontra o dragão, desenvolve um framework para aniquilamento de dragões em múltiplas camadas, escreve vários artigos sobre o framework mas não mata o dragao.

.NET
Chega, olha a idéia do Javanes e a copia, tenta matar o dragão, mas é comido pelo réptil.

C
Chega, olha para o dragão com olhar de desprezo, puxa seu canivete, degola o dragão, encontra a princesa, mas a ignora para ver os últimos checkins no cvs do kernel Linux.

C++
Cria um canivete básico e vai juntando funcionalidades até ter uma espada complexa que apenas ele consegue entender … mata o dragão mas trava no meio da ponte por causa dos memory leaks.

COBOL
Chega, olha o dragão, pensa que tá velho demais para conseguir matar um bicho daquele tamanho e pegar a princesa e, então, vai embora.

Pascal
Se prepara durante 10 anos para criar um sistema de aniquilamento de dragão … chegando lá descobre que o programa só aceita lagartixas como entrada.

Shell
O cara chega no dragão com um script de 1 linha que mata, corta, stripa, empala, pica em pedacinhos e impalha o bicho, mas na hora q ele roda o script aumenta, engorda, enfurece, e coloca alcool no fogo do dragão.

PERL
Vai até o CPAN e baixa uma espada de luz anti-dragão-seqüestrador-de-princesa. Escreve o procedimento para matar o dragão em apenas 7 caracteres e tenta. Erra por um milímetro. Tenta modificar para poder acertar o dragão, mas não consegue mais entender o que escreveu…

PHP
Tenta fazer uma espada do zero usando madeira e papel alumínio, devidamente recoberta e pintada, que fica muito bonita, embora não pareça nem lembre de nenhuma forma uma espada. Antes de tentar matar o dragão com ela, tenta aplicar uma maquiagem para melhorar o “skin” do dragão. O dragão, vaidoso, gosta do serviço e deixa o programador ir embora vivo. (mas a princesa ainda acha que ele devia ter usado menos blush)

VB
monta uma arma de destruição de dragões a partir de varios componentes, parte pro pau pra cima do dragao e, na hora H, descobre que a espada só funciona durante noites chuvosas…

PL/SQL
Coleta dados de outros matadores de dragão, cria tabelas com N relacionamentos complexidade ternaria, dados em 3 dimensões, OLAP, demora 15 anos para processar a informação. Enquanto isso a princesa virou lésbica.

Ruby on Rails
Para matar o dragão cria em 5 minutos uma estrela da morte com todas as funcionalidades básicas implementadas: raio da morte, quarto com espelhos pra quando salvar a princesa e RSS. Ao disparar contra o dragão nota que só funciona se o dragão, a princesa e o castelo estiverem acessando a web.

Smalltalk
Chega, analisa o dragao e a princesa, vira as costas e vai embora, pois eles são muito inferiores.

ASSEMBLY
Acha que ta fazendo o mais certo e enxuto, porém troca um A por D, mata a princesa e transa com o dragão.

Fortran
Chega, desenvolve uma solução com 45000 linhas de codigo, mata o dragão vai ao encontro da princesa … mas esta o chama de tiuzinho e sai correndo atrás de programadores que trabalhem na Microsoft ou no Google. (depois de maria-chuteira teremos maria-compiler?)

FOX PRO
Desenvolve um sistema para matar o dragão, por fora é bonitinho e funciona, mas por dentro está tudo remendado, quando ele vai executar o aniquilador de dragões lembra que esqueceu de indexar os DBF.

ANALISTA DE PROCESSOS
Chega ao dragão com duas toneladas de documentação desenvolvida sobre o processo de se matar um dragão genérico, desenvolve um fluxograma super complexo para libertar a princesa e se casar com ela, convence o dragão que aquilo vai ser bom pra ele, e que não será doloroso. Ao executar o processo ele estima o esforço e o tamanho do estrago que isso vai causar, a assinatura do papa, do buda e do Raul Seixas para o plano, e então compra 2 bombas nucleares, 45 canhões, 1 porta aviões, contrata 300 homens armados até os dentes, quando na verdade necessitaria apenas da espada que estava na sua mão o tempo todo.

CLIPPER
Monta uma rotina que carrega um array de codeblocks para insultar o dragão, cantar a princesa, carregar a espada para memória, moer o dragão, limpar a sujeira, lascar leite condensado com morangos na princesa gostosa, transar com a princesa, tomar banho, ligar o carro, colocar gasolina e voltar pra casa. Na hora de rodar recebe um “Bound Error: Array Access” e o dragão come ele com farinha.

Python
Desenvolve uma arma mortal. Mata o dragão, a princesa e a si mesmo.

Diálogo animal

outubro 20, 2007

Esta é uma prova de conceito. De que dá pra fazer charges usando só o BrOffice.org Draw e clipartes do OpenClipart. Iniciando as BrOcharges! Para entender alguma coisa, favor clicar na charge logo.
Diálogo Animal

Se quiser fazer sua própria brocharges, é muito simples! Em Debian basta dar apt-get install broffice.org openclipart-openoffice.org e pronto! Se você usa Windows, também é fácil! É só você se despedir dele e instalar o Debian! :-P

Tá, tá legal… Você pode instalar o BrOffice.org no Windows também. E pode sair catando os cliparts, mas nesse caso não existe nenhum comandinho salvador: se vire!

Tuxes malucos

Você está pensando em comprar equipamento informático? Uma nova impressora, um novo ventilador USB, sei lá… Então não compre sem antes consultar esta lista. Ela apresenta a compatibilidade desse equipamento com um sistema operacional de verdade (afinal, nem vale a pena usar um computador sem usar um SO de verdade, como uma distribuição Linux – ou GNU/Linux). Confira!

Ajude a divulgar a lista brasileira de equipamentos e serviços compatíveis com Linux

…e concorra a MP4 e MP3 players, mochilas Targus, períodos de VoIP grátis e até a ventiladores USB – além de contribuir automaticamente para doações para a Wikipedia e o WordPress! O BR-Linux coletou mais de 12.000 registros de compatibilidade de equipamentos e serviços (webcams, scanners, notebooks, …) na sua Pesquisa Nacional de Compatibilidade 2007, e agora convida a comunidade a ajudar a divulgar o resultado. Veja as regras da promoção no BR-Linux e ajude a divulgar – quanto mais divulgação, maior será a doação do BR-Linux à Wikipedia e ao WordPress.

Esses captchas estão ficando cada vez mais difíceis:

Melhor captcha

Fonte: Eu Podia Ta Matando.

A empresa Scalar anunciou uma tela miniatura que funciona como um semi-óculos, próximo a um dos olhos. Isso é útil para quando você quer prestar atenção tanto no ambiente quanto em algum programa ou vídeo que está assistindo, ao mesmo tempo. Mas vale lembrar que, multiprocessamento, só para os computadores.

O protótipo possui 2 cm de espessura, resolução QVGA e peso massa de 35g.

Óculos DBZ

Comparando a foto acima com o personagem logo abaixo, podemos afirmar que teve pelo menos alguma inspiração nos Sayajins de Dragon Ball Z.

Vegeta DBZ

Fonte: Guia do Hardware.Net.

Al Gore

Al Gore, hoje mais conhecido como a versão de terno e gravada do Capitão Planeta tinha uma carreira política calma, tranqüila e apagada, culminando com a Vice-Presidência, mas o Governo Clinton foi tão ruim que ele começou a se destacar, chegando inclusive a se proclamar como “criador da Internet”.

Depois de perder a eleição para George Bush, achou algo pra se ocupar, virou defensor do meio-ambiente, disposto a espalhar sua mensagem para todo mundo que queira ouvir e (dizem) tenha US$200 mil para bancar uma viagem e palestra, como o Banco Itaú.

Mas não se engane, ele ainda é um excelente quadro e a única chance real dos Democratas, caso tente se candidatar. Os americanos não vão votar num mulato de nome Obama e nem na Hilary Clinton, a menos que ela PROMETA ter um caso com uma estagiária.

Principalmente, Al Gore é um sujeito antenado, que não tem medo de tecnologia. Basta ver a foto acima. Tá certo que a mesa está uma zona, mas convenhamos, quantos políticos brasileiros têm um Mac e usam 3 Apple CinemaDisplay de 21 polegadas, lado-a-lado?

Um sujeito desses tem bem menos chance de fazer besteira do que os nossos políticos, que vivem na idade da pedra e acham que avanço tecnológico é a assessoria gravar vídeo de agradecimento e soltar no Orkut.

Fonte: Meio Bit.