Desktop Maker: novo concorrente para KDE e GNOME

abril 1, 2007

O Window Maker já foi um ambiente gráfico muito utilizado no passado. Criado por um brasileiro, o Alfredo Kojima, ele chegou a ser utilizado como ambiente gráfico padrão em várias versões do Linux na época, papel que hoje é desempenhado pelo KDE e pelo GNOME.

Até agora, pois um novo projeto de ambiente gráfico começa a ganhar força. Trata-se do Desktop Maker, um projeto que leva o Window Maker ao patamar das aplicações conhecidas como “Ambientes de Desktop”.

Desktop Maker - Cubo

Angelique Tussaud, a única mulher no projeto, diz que o objetivo do Desktop Maker é quebrar o paradigma da barra inferior, levando os usuários a uma nova experiência e sentimento de liberdade. Angelique tem trabalhado na integração do Desktop Maker com as tecnologias de widgets e gadgets existentes. “O Window Maker sempre foi conhecido por seus programas rodando na forma de pequenos quadrados, os docks. Queremos agora aproveitar também a área de trabalho, expandindo a experiência dos usuários”. Segundo ela, o Desktop Maker vai ter suporte completo e centralizado aos Dashoboards do MacOS X, aos Gadgets do Google e da Microsoft, gDesklets do GNOME, Karamba do KDE e Widgets do Yahoo. “Também estamos implementando gestures em todo o ambiente, o que permitirá mudar de área de trabalho ou apagar arquivos com simples movimentos do mouse”, diz Angelique, entusiasmada.

Percival Silveira, que já foi funcionário da antiga Conectiva, está desenvolvendo o Bamboo, gerenciador de arquivos que leva esse nome em homenagem ao mascote do projeto, o panda Amanda. “Teremos um gerenciador de arquivos com interface dupla: a janela de navegação e o dock, além do serviço que rodará escondido. Ele é capaz de reconhecer dispositivos conectados, inclusive disquetes. E através de um algoritmo de previsão, ele desmonta os dispositivos automaticamente milissegundos antes que sejam removidos.

Desktop Maker - 3D

A parte mais interessante das novidades visuais, porém, está sendo mantida por Yoshida Baltazar, ex-colega de Alfredo no curso Ciência da Computação pela UFRGS, com quem não foi possível o contato com nossa equipe. Ele está trabalhando no módulo 3DM, que dará suporte a efeitos tridimensionais ao Desktop Maker, permitindo, entre outras coisas, que nove docks compartilhem um mesmo espaço, formando um cubo.

A fama de ser um ambiente leve vai continuar, se depender da equipe do Desktop Maker. “O Desktop Maker está portando tudo de WINGS para GNUStep. O Waldo criou o DING+oQ (DING Is Not Gtk+ or Qt), que oferece a mesma interface de programação que o GTK+ e o Qt, mas usando o GNUStep. Assim, vamos poder recompilar vários programas para usarem DING+oQ, mantendo o visual integrado e melhorando o desempenho. No caso do browser, partindo do Galeon, do GNOME, a melhoria na performance foi de 97% e com o k3b, obtivemos 54% de melhoria, o que está sendo muito bom!”, comenta Percival.

Embora ainda não tenha atingido a maturidade, o projeto já atraiu a atenção da equipe da Mandriva e do NetBSD, além de um inusitado patrocinador: saiu no site de notícias japonês Asahi que a Sony pretende patrocinar o projeto, para tornar o Desktop Maker o ambiente padrão no Sonix. Trata-se de uma versão do Linux desenvolvida por ela ainda por ser lançada, otimizada para funcionar no PlayStation 3. “Nossos consumidores são muito exigentes quanto à qualidade e estão mais abertos a experiências novas”, disse o Gerente do Setor de Jogos Frank Mai.

Mais notícias: apoio do SBT.

Anúncios

15 Responses to “Desktop Maker: novo concorrente para KDE e GNOME”

  1. Leonardo Fontenelle Says:

    O link para o projeto está quebrado. Será só por hoje?

  2. arcano Says:

    Talvez esteja havendo muito tráfego hoje por causa da notícia envolvendo a Sony.

  3. hijo loco Says:

    Has una presentación adonde la Sony habla del proyecto!

  4. hijo loco Says:

    Ops, hay el acoplamiento: http://tinyurl.com/36zdtv


  5. A melhor notícia de primeiro de abril legal que li hoje…


  6. […] Desktop Maker, conforme aqui mesmo noticiado, está ganhando força internacional. A novidade agora é que o desenvolvimento do Bamboo, […]

  7. Bruno Tsubouchi Yporti Says:

    Interessante, mas prefiro o bom e velho FluxBox…

  8. skycrash Says:

    Muito interessante, é bom ver projetos antigos se renovando.. Kde e Gnome são muito pesados, por isso sempre utilizei fluxbox.

    Hoje uso o enlightenment, que apesar de estar na versao devel, esta excelente =D

    Vamos esperar e apostar no Desktop Maker.. =D

  9. Joao Emanuel Says:

    E quando a Sony irá colocar o DRM para funcionar no Desktop Maker???


  10. […] Desktop Maker: novo concorrente para KDE e GNOME O Window Maker já foi um ambiente gráfico muito utilizado no passado. Criado por um brasileiro, o Alfredo Kojima, ele […] […]


  11. […] 3rd, 2007 O artigo Desktop Maker: novo concorrente para KDE e GNOME, publicado pelo arcano no dia da celebração internacional do 1º de Abril, fez um enorme sucesso. […]


  12. Ótima piada de Primeiro de Abril!


  13. […] 10th, 2007 Depois do grande sucesso do Desktop Maker, parece que as coisas finalmente estão voltando ao […]


  14. я вот что скажу: превосходно!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: